"Life feels like a midnight ride..." - SOAD

30 de agosto de 2015

Opinião - "Rainhas Malditas", de Cristina Morató


Rainhas Malditas
de Cristina Morató

Edição: 2015
Páginas: 528
Editora: Editorial Planeta
ISBN: 9789896576042
Categoria: Não-Ficção; História; Memórias

29 de agosto de 2015

Lançamentos em Setembro (2ª Parte)

O Reino do Fogo - O Evangelho de Loki, de Joanne Harris

Lançamento a 8 de Setembro

Sinopse:
UMA VIAGEM AO CORAÇÃO DAS LENDAS NÓRDICAS.
Na Cidadela do Céu, longe dos hostis povos do Gelo e das Rochas, os deuses conspiram, sussurram na penumbra, dedicam-se a jogos de poder, cedem às suas paixões. 
Loki é um deus nórdico sem par. Desde que o deus Odin, o Pai de Todos, o convenceu a abandonar o reino do Caos para se lhe juntar, Loki é alvo da desconfiança de todos. Perspicaz e melífluo como nenhum outro, desfruta dos favores das deusas mais ousadas e cede à luxúria sem quaisquer escrúpulos. É usado para pôr em prática as mais complexas maquinações mas, por ter nascido como demónio, é mantido à margem das esferas de influência. Contra tudo e todos, Loki está determinado a vingar. Mas ao mesmo tempo que ele planeia a derradeira humilhação dos seus adversários, forças mais poderosas conspiram contra os deuses. Em segredo, prepara-se a batalha que alterará o destino dos Mundos.

Deuses e deusas, gigantes, anões e demónios, unem-se numa narrativa poderosa pela mão de Joanne Harris, conhecedora profunda da mitologia nórdica. O Reino do Fogo é uma recriação das lendas que, ao longo dos séculos, têm inspirado a arte, a música e a literatura mundiais.

Purity, de Jonathan Franzen

Lançamento a 8 de Setembro

Sinopse:
A jovem Pip Tyler não sabe quem é. Sabe que o seu nome verdadeiro é Purity, que tem às costas um empréstimo de cento e trinta mil dólares contraído para poder tirar um curso, que vive numa casa ocupada com anarquistas de Oakland, e que a sua relação com a mãe - a única família que tem - é tempestuosa. Mas não faz a mínima ideia de quem é o pai, da razão que levou a mãe a viver isolada do mundo com um nome inventado, nem de como alguma vez irá ter uma vida normal. 

Entram em cena os alemães. Um breve encontro com uma pacifista alemã leva Pip a um estágio na América do Sul, no Projecto Luz Solar, organização que trafica todos os segredos do mundo - incluindo, espera Pip, o segredo das suas origens pessoais. O PLS nasceu da ideia de Andreas Wolf, um provocador carismático que alcançou a fama no caos que se seguiu à queda do Muro de Berlim. Agora foragido na Bolívia, Andreas sente-se atraído por Pip por razões que ela não compreende, e a intensidade com que lhe corresponde arrasa as suas ideias convencionais sobre o certo e o errado. 

Purity é uma fascinante história de idealismo juvenil, fidelidade extrema e assassínio. O autor de Correcções e Liberdade imaginou um mundo de personagens brilhantemente originais - californianos e alemães de leste, bons progenitores e maus progenitores, jornalistas e denunciantes - e segue-lhes as pistas entretecidas por paisagens tão contemporâneas como a omnipresente Internet, e tão antigas como a guerra entre os sexos. 
Purity é o livro mais ousado e penetrante até hoje escrito por um dos mais importantes autores da actualidade.

Assim Foi Auschwitz, de Primo Levi , Leonardo De Benedetti

Lançamento a 9 de Setembro

Sinopse:
Chocante pela objectividade e detalhe, tocante pela precoce e indignada lucidez, é um testemunho extraordinário de uma das vozes mais relevantes da antologia de memórias sobre a Segunda Guerra Mundial. Aborda a experiência colectiva do Holocausto, compondo um mosaico de memórias e reflexões de inestimável valor histórico e humano, tão relevantes hoje, 70 anos volvidos sobre o fim da Guerra, como no tempo em que foram escritos.

A Vida Contade de A. J. Fikry, de Gabrielle Zevin

Lançamento a 9 de Setembro

Sinopse:
Divertida, terna e comovente, A Vida Contada de A. J. Fikry relembra-nos a todos porque é que lemos e porque é que amamos. Este livro tem humor, romance, suspense, mas, acima de tudo, amor - amor pelos livros e amor pelas pessoas dos livros. 
Um hino à gloriosa imperfeição da humanidade.

Grey, de E. L. James

Lançamento a 10 de Setembro

Sinopse:
Veja o mundo de As Cinquenta Sombras de Grey, como se fosse pela primeira vez, através dos olhos de Christian Grey.

E.L. James oferece-nos uma nova perspectiva da história de amor que enfeitiçou milhares de leitores em todo o mundo, agora narrada pelo próprio Christian, que nos dá a conhecer os seus pensamentos e sonhos.

Christian Grey quer exercer um controlo férreo sobre todas as coisas, o seu universo é meticuloso, disciplinado e profundamente vazio - até ao dia em que Anastasia Steele dá um trambolhão no seu escritório, numa confusão de pernas bem torneadas e revoltos cabelos castanhos. Ele bem tenta esquecer que a conheceu, mas em vez disso é invadido por um turbilhão de emoções que não consegue compreender… e ao qual é incapaz de resistir. Ao contrário de todas as mulheres que conheceu antes, a tímida Ana parece conseguir vê-lo como ele realmente é - um coração frio e ferido que a faceta de génio dos negócios e o estilo de playboy não conseguem esconder.
Será que possuir Ana será suficiente para que Christian se livre dos horrores de infância que ainda hoje o perseguem, noite após noite? Ou será que os seus negros desejos sexuais, a sua obsessão pelo controlo, e o ódio contra si mesmo que lhe preenchem a alma vão afastar Ana e destruir para sempre a frágil esperança que ela lhe oferece?

Damas e Libertinos, de Stephanie Laurens

Lançamento a 10 de Setembro

Sinopse:
Dorothea Darent nunca tivera a menor intenção de se casar, pelo menos até ter beijado aquele elegante desconhecido. O marquês de Hazelmere, um reconhecido libertino, ficou profundamente cativado por aquele beijo e decidiu conquistar o coração de Dorothea, mesmo estando ela em Londres a apresentar-se à sociedade e sendo necessário ter especial cuidado para não manchar a sua reputação...

Escândalo e paixão

Quando o Conde de Merton teve de fazer de cavalheiro de uma dama em apuros, soube que os seus dias como famoso libertino estavam contados. Mas, embora parecesse agradecida pela sua ajuda, a dama desapareceu sem revelar o seu nome. O conde estava decidido a encontrá-la, por muito que o seu escandaloso passado e os perigos do presente ameaçassem a procura daquela misteriosa mulher a quem ele pressentia estar destinado.

Quatro casamentos por amor

Quando Max Rotherbridge, o duque de Twyford, soube que, juntamente com o título e as propriedades do seu tio, acabava de herdar a custódia de quatro jovens ricas e casadoiras, ficou estupefacto. Max era o libertino mais famoso de toda a cidade de Londres, por isso não era algo muito apropriado para ele. Mas, quando estava para impugnar o testamento, conheceu a mais velha das quatro irmãs: Caroline.

O Veneno do Teatro - ou conversas com Amélia Rey Colaço, de Vítor Pavão dos Santos

Lançamento a 11 de Setembro

Sinopse:
A história apaixonante de uma mulher dividida entre duas vidas. Amélia Rey Colaço nasceu em Lisboa a 2 de Março de 1898 e em 1917 estreou-se no Teatro São Luiz que à época era designado como Teatro República. É justamente considerada a mais marcante figura do teatro português do século XX não só pelo reconhecimento público que granjeou mas também pelas diversas gerações de actores e actrizes que ajudou a formar. 
Vítor Pavão dos Santos nasceu em Lisboa em Julho de 1937 e desde tenra idade é espectador habitual de teatro e cinema. Licenciou-se em História mas optou pelo Teatro. Desenhou cenários e figurinos para dezenas de espectáculos, esteve na génese da criação do Museu Nacional do Traje e fundou o Museu Nacional do Teatro, inaugurado a 4 de Fevereiro de 1985. 
Amélia Rey Colaço e Vítor Pavão dos Santos foram amigos e este livro é o resultado do convívio regular que essa amizade estimulou. A análise e a memória de um profundo conhecedor do seu tempo revisitam e enriquecem os diálogos que o autor foi mantendo e registando no seu convívio com Amélia Rey Colaço.

Génesis, de Karin Slaughter

Lançamento a 14 de Setembro

Sinopse:
Mulheres brutalmente torturadas. Um padrão que as liga a todas.

A caça ao homem já começou.

Há três anos e meio, Sara Linton, antiga médica-legista, mudou-se para Atlanta na esperança de deixar para trás o seu passado trágico. A trabalhar agora num hospital, depara-se com uma mulher jovem e gravemente ferida, que a arrasta para um mundo de violência e de terror.
A mulher foi atropelada por um carro, mas, completamente nua e brutalizada, dá sinais de ter sido vítima de uma mente muito perturbada.
Quando o agente especial Will Trent se desloca à cena do acidente, descobre uma câmara de tortura enterrada na terra, uma caverna de horrores que revela uma verdade sinistra: a doente de Sara é só a primeira vítima de um assassino sádico e demente.
Arrancando a investigação das mãos do chefe da Polícia local, Will e a sua colega Faith Mitchell mergulham no turbilhão que é a caça ao assassino. Will, Faith e a severa chefe de ambos, Amanda Wagner, são os únicos obstáculos que existem entre um louco e a sua próxima vítima…

A Conspiração dos Tudor, de C. W. Gortner

Lançamento a 14 de Setembro

Sinopse:
No inverno de 1554, Maria Tudor é a rainha de Inglaterra e os seus inimigos estão aprisionados na Torre de Londres. O seu iminente noivado com Filipe de Espanha, com o objectivo de assegurar o catolicismo no reino, coloca os súbditos protestantes em perigo. Então, os rumores de uma conspiração para levar ao trono a sua irmã, a princesa Isabel, adensam-se.
O tempo de refúgio do espião Brendan Prescott chega ao fim quando inquietantes notícias o fazem partir numa arriscada missão e ajudar Isabel em cativeiro. Prescott regressa assim ao palácio, onde quase perdeu a vida, sob a identidade de Daniel Beecham, e enceta um jogo mortal de gato e rato com um perigoso e enigmático adversário.
Numa corrida contra o tempo para recuperar um maço de cartas cujo conteúdo pode conduzir Isabel ao trono ou condená-la à morte, Prescott descobre que, num submundo de traições e intrigas, os amigos e os inimigos facilmente se confundem e o poder é de tal maneira supremo que pode levar uma irmã a voltar-se contra outra.

A Verdade que nos Une, de Sarah Pekkanen

Lançamento a 14 de Setembro

Sinopse:
Será o amor capaz de vencer a maior das provações?
Todos os dias, sempre que vê o marido Mike pegar na arma para ir trabalhar, Jamie fica ansiosa. Um dia ela recebe a notícia que tanto temia: Mike matou um jovem negro no decorrer de um tiroteio. Acusado de um crime brutal, nem a mulher acredita nele.
Esta tragédia vai acabar por afectar mais do que a vida de Mike, Jamie e dos seus três filhos. Vai também alterar a vida de Christie, antiga companheira de Mike e com quem tem um filho, que vê uma oportunidade de reconquistar Mike.
Contra tudo e contra todos, só a verdade poderá recuperar o amor. À medida que a imprensa, a opinião pública e Christie apertam o cerco, conseguirá Jamie manter a união da família, enquanto a investigação prossegue e a verdade não é apurada?

Seeker - O Clã dos Guardiões, de Arwen Elys Dayton

Lançamento a 15 de Setembro

Sinopse:
Na noite em que prestar juramento, a jovem Quin Kincaid irá tornar-se aquilo para que treinou toda a vida. Irá tornar-se um Seeker. Este é o seu legado, e é uma honra. Como Seeker, Quin irá lutar ao lado dos seus dois companheiros mais chegados, Shinobu e John, para proteger os fracos e os injustiçados. Juntos, eles representarão a luz num mundo sombrio. E ficará com o rapaz que ama - que também é o seu melhor amigo. Mas na noite em que Quin presta juramento, tudo muda... ser Seeker não é o que ela pensava. A sua família não é o que ela pensava. Nem o rapaz que ela ama é quem ela pensava. E agora é demasiado tarde para fugir.

O Livro do Riso e do Esquecimento, de Milan Kundera

Lançamento a 15 de Setembro

Sinopse:
O Livro do Riso e do Esquecimento é uma narrativa entrecortada de erotismo e imagens oníricas. Em sete partes aparentemente autónomas, o autor lança um olhar agudo e amargo sobre o quotidiano da República Checa após a invasão russa de 1968: as desilusões da juventude, a desorientação dos intelectuais, a prepotência dos líderes políticos, tudo converge para o esquecimento, imposto ou voluntário, individual ou colectivo. 

Como em A Insustentável Leveza do Ser, o mais famoso romance do autor, Kundera articula de forma admirável, muitas vezes invisível, o destino individual dos personagens e o destino colectivo de um povo, a vida ordinária de pessoas comuns e a vida extraordinária da História.

A Ratazana, de Günter Grass

Lançamento a 15 de Setembro

Sinopse:
Por ocasião do seu lançamento na Alemanha, A Ratazana deu origem a uma enorme polémica, tendo suscitado as opiniões mais extremas e apaixonadas. Era natural que assim sucedesse, tratando-se, como efectivamente se trata, de um romance a que não se pode ficar indiferente, e que alguns consideram já a mais radical das profecias sobre a iminente catástrofe do nosso século. 
O livro conta-nos a história, ou histórias, do fim da era humana, e tem como um dos seus protagonistas uma ratazana, representante de uma espécie que pressente e sobrevive a todas as desgraças, abandona os navios que vão naufragar e nos acompanha desde que surgimos no planeta. Num incessante confronto com a voz glacial do rato, o autor luta por chegar ao fim das suas narrativas, na consciência de que talvez reste pouco tempo para serem contadas e ouvidas, uma vez que se aproxima o momento em que terão fim todas as histórias.

Jogo Sujo, de Dick Lehr

Lançamento a 16 de Setembro

Sinopse:
John Connoly e James «Whitey» Bulger cresceram juntos nas ruas de South Boston. Décadas mais tarde, em meados dos anos 1970, voltaram a encontrar-se. Então, Connolly era uma figura importante na delegação do FBI de Boston e Whitey tornara-se padrinho da Máfia irlandesa. O que aconteceu depois - um negócio sujo para derrubar a máfia italiana em troca de protecção para Bulger - depressa escapou ao controlo do FBI, dando origem a homicídios, tráfico de droga, acusações e extorsão e, por fim, ao maior escândalo envolvendo informadores em toda a história do FBI. Graças à escrita poderosa e convincente dos dois repórteres, que acompanharam o caso desde o início, Jogo Sujo é simultaneamente uma história de crime fascinante, e um alerta para os abusos de poder e um olhar penetrante sobre Boston. 

Apenas Um Dia, de Gayle Forman

Lançamento a 16 de Setembro

Sinopse:
A vida de Allyson Healey que sempre foi planeada e organizada, muda no momento que conhece Willem, um actor de espírito livre, que a convida a ir com ele a Paris e a adiar todos os seus planos. Allyson não consegue resistir e decide acompanhá-lo, uma decisão inesperada que a leva a vinte e quatro horas de romance, liberdade e intimidade que irão mudar a sua vida. Apenas Um Dia é um romance que nos fala de amor, mágoa, viagens, identidade e das contingências provocadas pelo destino, mostrando que, por vezes, para nos encontrarmos a nós próprios, temos de nos perder primeiro...

A Maldição do Rei, de Philippa Gregory

Lançamento a 16 de Setembro

Sinopse:
Uma personagem feminina forte, a maldição de um rei, um romance rico em pormenores históricos e investigação rigorosa.
No centro da rápida deterioração da corte dos Tudor, Margarida terá de decidir se a sua lealdade é para com o cada vez mais tirânico Henrique VIII ou para a sua amada rainha. Aprisionada na corte, terá de escolher o seu caminho e esconder a todo o custo o seu conhecimento de uma antiga maldição sobre os Tudor, que lentamente se torna realidade...

Trono de Vidro, de Sarah J. Maas

Lançamento a 16 de Setembro

Sinopse:
Numa terra em que a magia foi banida e em que o rei governa com mão de ferro, uma assassina é chamada ao castelo. Ela vai, não para matar o rei, mas para conquistara sua própria liberdade. Se derrotar os vinte e três oponentes em competição, será libertada da prisão para servir a Coroa com o estatuto de campeão do rei - o assassino do rei. O seu nome é Celaena Sardothien. O príncipe herdeiro vai provocá-la. O capitão da Guarda vai protegê-la. Mas um halo maléfico vagueia no castelo de vidro - e está lá para matar. Quando os seus concorrentes começam a morrer um a um, a luta de Celaena pela liberdade torna-se numa luta pela sobrevivência e numa jornada inesperada para expor um mal antes de que este destrua o seu mundo.

Os Números que Venceram os Nomes, de Samuel Pimenta

Lançamento a 16 de Setembro

Sinopse:
O que é um nome? — A pergunta ressoou por toda a divisão, embateu nas paredes e voltou ao emissor sem obter resposta. Um Nove Um Seis estava sentado na única cama do quarto número onze do hospício. Via as paredes do quarto a girar como se tivessem sido empurradas por uma criança que brinca com um globo terrestre pela primeira vez. Além disso, sentia-se como se estivesse de olhos abertos debaixo de água, estava tudo turvo. Era efeito dos fortes medicamentos. Sentado numa cadeira ao lado da cama, um médico observava-o de testa plissada, enquanto segurava uma folha no colo, onde fazia algumas anotações.

Se Isto é Uma Mulher, de Sarah Helm

Lançamento a 17 de Setembro

Sinopse:
Numa manhã soalheira durante o mês de Maio de 1939, um grupo de cerca de oitocentas mulheres foi conduzido em marcha forçada pelos bosques até um local a noventa quilómetros a norte de Berlim. Entre elas, podiam encontrar-se donas de casa, médicas, cantoras de ópera, prisioneiras políticas e prostitutas.

O seu destino era Ravensbrück, um campo de concentração concebido só para mulheres por Heinrich Himmler, o líder das SS e principal arquitecto do genocídio nazi. Por lá passaram até ao final da Segunda Guerra Mundial mais de 130 mil mulheres. Eram provenientes de mais de 20 países europeus e foram sujeitas a formas brutais de tortura e extermínio.

Durante décadas, a história de Ravensbrück permaneceu oculta atrás da Cortina de Ferro, e ainda hoje continua a ser pouco conhecida. Sarah Helm, num meticuloso trabalho de pesquisa e recolha de informação, até então perdida ou de difícil acesso, abre-nos finalmente as portas deste lugar sombrio. Mostra-nos testemunhos descobertos após a Guerra Fria e entrevistas com sobreviventes que nunca antes tinham partilhado a sua experiência.

Em Se Isto é Uma Mulher, a autora dá-nos a conhecer, além dos horrores mais impensáveis praticados pelo regime nazi, vários exemplos notáveis da incrível tenacidade do espírito humano.

Eve e a Destruição, de Sylvia Day

Lançamento a 17 de Setembro

Sinopse:
Para Evangeline Hollis, uma noite com o misterioso homem vestido de cabedal foi quanto bastou para a punição divina.

Ao mesmo tempo que inicia uma escaldante relação com o infame Caim, Eve faz os possíveis para suportar os treinos intensivos que a tornarão oficialmente numa Marcada, entre milhares de outros pecadores forçados a caçar demónios. Mas quando a turma parte numa viagem de estudo a uma base militar abandonada, o Mal surge do seu covil: um demónio infiltrado está a matar, um a um, todos os colegas de Eve. Para piorar a situação, o corpo de Eve está a passar por uma difícil adaptação à Marca e aos seus desafios, entre os quais um incontrolável desejo carnal que a deixa à mercê dos seus instintos mais obscuros e da forte atracção que sente por Abel, irmão de Caim. Emoções que a deixarão ainda mais vulnerável.

Com Caim ausente numa missão e Abel a investigar uma nova e terrível espécie de demónios, Eve terá de controlar sozinha a sua adrenalina e manter a calma no momento em que o assassino voltar a atacar.

28 de agosto de 2015

Lançamentos em Setembro (1ª Parte)

Meu querido mês de Agosto... que já estás a chegar ao fim! É só de mim ou o tempo anda a passar a correr?? Lá se acabam as férias, os dias começam a ser mais curtos e, não tarda muito, lá se vai o calorzinho do verão. Fiquei deprimida agora. O que nos vale são os lançamentos que em Setembro começam em força. Ora espreitem lá.

Em Busca do Livro da Vida (Trilogia Todas as Almas - Livro 3), de Deborah Harkness

Lançamento a 1 de Setembro

Sinopse:
Ansiosamente aguardado por leitores de todo o mundo, Em Busca do Livro da Vida conclui, com magia e suspense inebriantes, a Trilogia de Todas as Almas. O que descobriram em tempos as bruxas? Porque foi esse segredo guardado num livro misterioso chamado Ashmole 782, procurado durante séculos por demónios, vampiros e até pelas bruxas? Como é que a bruxa Diana Bishop e o cientista vampiro Matthew Clairmont poderão viver o seu amor quando o peso das suas histórias os tenta separar?
Na história de Em Busca do Livro da Vida, Diana e Matthew regressam dramaticamente da Londres isabelina ao presente, onde enfrentam novas crises e velhos inimigos. Em Sept-Tours, o lar ancestral de Matthew, reencontram os adorados personagens de A Noite de Todas as Almas - com uma importante excepção. Mas a verdadeira ameaça ao seu futuro ainda está por revelar. Quando tal acontece, a busca pelo Ashmole 782 e as suas páginas perdidas assume um carácter ainda mais urgente.

Aquele Beijo (Série Bridgerton - Volume VII), de Julia Quinn

Lançamento a 1 de Setembro

Sinopse:
Gareth St.Clair vive momentos difíceis. Após a morte do irmão, passa a ser o único herdeiro da fortuna do pai. Infelizmente, o ódio deste por Gareth é tanto que prefere desbaratar o seu património a vê-lo nas mãos do filho. Resta-lhe como legado um velho diário, escrito pela avó paterna, que poderá conter os segredos do seu passado e a chave para o seu futuro. O único problema é que… o diário foi escrito em italiano, uma língua que o jovem não domina de todo.
Por um golpe de sorte, Gareth conhece Hyacinth Bridgerton, a mais jovem menina do conhecido clã, que nunca recusa um desafio, embora o seu italiano deixe muito a desejar. Além disso, Gareth intriga-a, pois parece estar sempre a rir-se dela.
Juntos, embrenham-se nas páginas do velho diário, mas aquilo que vão descobrir transcende as palavras escritas em papel, e manifesta-se sob a forma de um simples - mas inesquecível - beijo…

Atraída Pelo Fogo, de Tara Sue Me

Lançamento a 1 de Setembro

Sinopse:
Julie Masterson sempre foi muito certinha. É dona de uma florista, gosta do seu trabalho, mas a cada dia que passa sente que lhe falta qualquer coisa, e é atravessada por um crescente desejo de aventura, de risco… de perigo.
Mal sabe ela que os seus desejos vão mesmo cumprir-se.
Quando Daniel lhe entra na loja, os seus olhos azul-aço deixam-na quase paralisada. E as mãos dele, firmes, sensuais, levemente ameaçadoras, despertam nela incontroláveis fantasias.
Julie pouco sabe sobre aquele loiro autoritário, a não ser que é o vice-presidente de um banco. Está longe de imaginar que acabou de conhecer um temido dominador, para quem o amor é uma palavra estranha… E quando aceita o convite para o acompanhar a um jantar de gala, mal sabe que está a dar início a uma perturbante aventura. Aos poucos deixa-se atrair pelo fogo que a consome, que consome Daniel, que ameaça transformar-lhes a vida para sempre.
Vai descobrir todo um mundo de prazeres desconhecidos, e um desejo de submissão que a surpreende e a leva ao êxtase absoluto. Mas vai sentir na pele que o amor de Daniel tem um preço, e a paixão que os incendeia pode queimar…
Estará disposta a enfrentar as chamas? Até onde irá para conquistar o coração de Daniel?

Colombo e a Demanda por Jerusalém, de Carol Delaney

Lançamento a 1 de Setembro

Sinopse:
Nas décadas que antecederam o nascimento de Cristóvão Colombo, a Europa preparava-se para o fim do mundo. O Velho Continente, vergado à Peste Negra, incapaz de manter Jerusalém sob o domínio cristão, assistia ao cisma crescente da Igreja. Eram tempos de incerteza, marcados ainda pelo bárbaro saque de Constantinopla pelos otomanos, que de uma só assentada barraram o comércio europeu com o Oriente e as peregrinações à Cidade Santa. Foi nesse contexto que o navegador cresceu. Desde cedo, o móbil que o levou a perseguir o sonho de um caminho marítimo para as Índias foi, estranhamente, a reconquista de Jerusalém. Movido pela fé religiosa, acreditava que o ouro asiático era a solução para financiar a derradeira cruzada. Colombo e a Demanda de Jerusalém baseia-se numa meticulosa reconstituição da vida de Cristóvão Colombo. Carole Delaney, professora emérita da Universidade de Stanford, percorreu literalmente os caminhos do navegador, desde Itália e Espanha até às Caraíbas. Revolveu arquivos, compilou as cartas que ele escreveu aos Bórgia, bem como material disperso por bibliotecas de todo o mundo. Reconstruiu assim a ferocidade da vida no mar, os inegáveis dotes de marinheiro de Colombo e as suas tentativas frustradas de cristianizar os nativos, que culminariam no humilhante regresso a Espanha já não como herói, mas como prisioneiro da coroa. Este livro revela-nos uma faceta inteiramente nova do navegador, não o imperialista ganancioso, não o aventureiro a perseguir moinhos de vento, mas antes um homem movido por uma cega fé religiosa.

O País Fantasma, de Vasco Luís Curado

Lançamento a 1 de Setembro

Sinopse:
O alferes Capelo está a cumprir o serviço militar em Angola quando se dá o massacre de centenas de brancos em povoações isoladas do Norte; é chamado a participar na primeira resposta militar contra os rebeldes e acaba por fazer duas comissões na Guerra Colonial e já não regressar à metrópole, casando-se e tornando-se proprietário de plantações de café.
Na mesma altura, Mateus, funcionário público e amante da poesia e do xadrez, é iniciado em Luanda nas relações de poder entre colonos e colonizados, assistindo à prisão e tortura de rebeldes e guerrilheiros; manda vir a família e instala-se na Gabela, cruzando-se com Capelo, já desmobilizado, ambos desconhecendo que assistem aos últimos estertores do império. Na verdade, o 25 de Abril muda tudo: o Governo de Lisboa prepara a independência das Colónias e, na Gabela, as atenções dividem-se entre o MPLA e a FNLA. Quando rebenta a guerra civil, a população branca aflui aos portos e aeroportos e aproveita-se o caos para fazer ajustes de contas pessoais. Mateus e a família são agora refugiados que aguardam embarque na maior ponte aérea civil alguma vez realizada entre dois continentes e chegam a Lisboa com milhares de outros desalojados em pleno PREC.
Este é um romance sobre o fim do período colonial, com descrições impressionantes da violência recíproca que moldou Angola antes, durante e depois da guerra, e o relato de como muitas famílias testemunharam, da pior maneira, o fim de um ciclo que durou mais de quinhentos anos.

A Iniciação (A Vingança - Livro 2), de Malenka Ramos

Lançamento a 2 de Setembro

Sinopse:
Com Dominic, Samara conheceu uma vida que nada tem a ver com a realidade e uma família que se rege pelas suas próprias regras, pelas suas parafilias e por uma sexualidade atrevida e pouco compassiva. Ainda que Samara passe os dias com rasgos de normalidade, a Quimera alberga a história de pessoas más, com as suas inquietações e demónios, que depressa farão parte do seu dia-a-dia.

A Menina que Engoliu uma Nuvem do Tamanho da Torre Eiffel, de Romain Puértolas

Lançamento a 3 de Setembro

Sinopse:
Providence Dupois, uma carteira parisiense, precisa de viajar rapidamente para Marraquexe, a fim de resgatar a filha adoptiva que se encontra gravemente doente. Contudo, quando está prestes a partir, um vulcão islandês de nome impronunciável desperta do seu sono profundo e paralisa todo o tráfego aéreo europeu. Desesperada por cumprir a sua promessa de reencontro, esta jovem mãe vai tentar tudo para chegar junto da filha, e, esgotadas todas as vias do possível, resta-lhe apenas uma última hipótese: voar. Para empreender uma tarefa tão audaz, contará com a ajuda preciosa de personagens peculiares, seja Léo Machin, um jovem apaixonado que emana um perfume de bondade e sabão Marseille, Tchang, um chinês que fala como se fosse um pirata, ou monges tibetanos que, quando não estão a rezar, ouvem Julio Iglesias.

Comovente mas pleno de humor, A menina que engoliu uma nuvem do tamanho da torre Eiffel é uma aventura que nos ensina que nada é impossível quando o amor de uma mãe é forte o suficiente para a fazer descolar até às nuvens. Dizem que o amor dá asas… Estão prontos para voar?

Jovens Lobos (Série Napoleão e Wellington N.º 1), de Simon Scarrow

Lançamento a 4 de Agosto

Sinopse:
Descubra a história que levou à invasão de Portugal pelas forças de Napoleão Esta é a saga de dois gigantes da velha Europa: Wellington e Napoleão.
Nos finais do século XVIII a Europa era um caldeirão de guerras e rebeliões um pouco por todo o lado. O jovem Arthur Wesley (mais tarde conhecido por Lord Wellington) e Napoleão Bonaparte crescem em mundos muito diferentes mas ambos numa cultura onde a carreira militar é a escolha óbvia para homens de ambição.
Enquanto Wellington tem as suas primeiras aventuras na Irlanda e em Flandres, Napoleão vê-se envolvido nos dramas da Revolução Francesa e na guerra com a Prússia. Mas nada disto é suficiente para distrair Wellington da paixão por Kitty, nem Napoleão da loucura pela sensual Josefina, pois estes dois homens atiram-se a todos os aspectos da vida como se estivessem num campo de batalha.

Os Caçadores de Livros, de Raphaël Jerusalmy

Lançamento a 4 de Setembro

Sinopse:
Um thriller histórico sobre a luta das potências europeias para salvar uns livros e destruir outros A importância do domínio do Conhecimento para mudar o mundo e colocar fim à idade das trevas.
No final da Idade Média, pouco depois da invenção da prensa de Gutenberg, uma misteriosa conspiração tenta vencer o obscurantismo da Igreja Católica, difundir a liberdade de pensamento e contrariar os limites da Inquisição.

Lila, de Marilynne Robinson

Lançamento a 4 de Setembro

Sinopse:
Uma obra literária sublime com uma intensidade rara e penetrante. Lila, de quatro ou cinco anos, vive negligenciada numa casa de emigrantes algures no Midwest, na década de 1920. Passa o tempo debaixo de uma mesa e quando não consegue conter o choro, mandam-na para fora de casa. Uma noite, Doll, uma jovem vagabunda de rosto desfigurado, decide levá-la consigo para longe. Ambas sobrevivem juntando-se a um grupo de nómadas em busca de trabalho pelos campos em pleno período da Grande Depressão americana. 

Os anos passam até que Doll desaparece misteriosamente. Lila continua a deambular para sobreviver. Contudo, um dia para se abrigar da chuva entra numa igreja de uma pequena localidade na altura em que o reverendo John Awes proferia o seu sermão. A partir deste momento, assistimos a mudanças que marcarão para sempre a vida destes dois personagens.

Também Isto Passará, de Milena Busquets

Lançamento a 4 de Setembro

Sinopse:
Quando Blanca era pequena, para a ajudar a ultrapassar a morte do pai, a sua mãe contou-lhe uma lenda chinesa. Uma lenda sobre um poderoso imperador que convocou os sábios e lhes pediu uma frase que se aplicasse a todas as situações possíveis. Depois de meses de deliberações, os sábios apresentaram uma proposta ao imperador: «Também isto passará.» E a mãe acrescentou: «A dor e a mágoa passarão, como passam a alegria e a felicidade.» 

Agora morreu a mãe de Blanca, e este romance, que começa e termina num cemitério, fala da dor da perda, do peso dilacerante da ausência. 
Milena Busquets transforma experiências pessoais em literatura e, partindo do íntimo, consegue criar um romance que rompe fronteiras. E fá-lo porque, através da história de Blanca e da doença e morte da sua mãe, através das relações com os amantes e as amigas, combinando prodigiosamente profundidade e leveza, fala-nos de temas universais: a dor e o amor, o medo e o desejo, a tristeza e a vontade de sorrir, a desolação e a beleza de uma paisagem em que se entrevê fugazmente a mãe falecida a passear junto ao mar, porque aqueles que amámos não podem simplesmente desaparecer.

Estação Onze, de Emily St. John Mandel

Lançamento a 4 de Setembro

Sinopse:
Estação Onze conta-nos a cativante história de um grupo de pessoas que arriscam tudo em nome da arte e da sociedade humana após um acontecimento que abalou o mundo. Kirsten Raymonde nunca esqueceu a noite em que teve início uma pandemia de gripe que veio a destruir, quase por completo, a humanidade.

Vinte anos depois, Kirsten é uma actriz de uma pequena trupe que se desloca por entre as comunidades dispersas de sobreviventes. No entanto, tudo irá mudar quando a trupe chega a St. Deborah by the Water. Um romance repleto de suspense e emoção que nos confronta com os estranhos acasos do destino que ligam os seus personagens.

A Longa Estrada Para Casa, de Saroo Brierley

Lançamento a 4 de Setembro

Sinopse:
Saroo, de cinco anos, está numa estação de caminho de ferro, sozinho. Perdeu-se de Guddu, o irmão mais velho, que o acompanhava. Sem saber como regressar a casa, enfia-se num comboio acreditando que Guddu há de encontrá-lo. No dia seguinte, porém, vê-se nas perigosas ruas de Calcutá, por onde deambula durante semanas para sobreviver, só e sem qualquer documento, perante a indiferença da multidão. Acaba por ser acolhido num orfanato e, mais tarde, adoptado por um casal australiano. 

Embora feliz na Austrália, com a sua nova família, que em vão tenta esforçadamente conhecer as suas origens, Saroo nunca deixa de pensar na mãe e nos irmãos que ficaram a quase meio mundo de distância. Anos depois, passa horas a perscrutar imagens do Google Earth na esperança de localizar e identificar referências da sua aldeia que lhe permitam reencontrar a mãe biológica. Uma história verídica, comovente e intensa, que já inspirou milhões de pessoas em todo o mundo.Um hino à esperança, ao poder dos sonhos e à coragem de nunca desistir.

O Herói das Eras (Saga Mistborn - Nascida das Brumas, Vol. 3), de Brandon Sanderson

Lançamento a 4 de Setembro

Sinopse:
Para pôr fim ao Império Final e restaurar a harmonia e a liberdade, Vin matou o Senhor Soberano. Mas, infelizmente, isso não significou que o equilíbrio fosse restituído às terras de Luthadel. A sombra simplesmente tomou outras formas, e a Humanidade parece amaldiçoada para sempre. 
O poder divino escondido no mítico Poço da Ascensão foi libertado após Elend e Vin terem sido ludibriados. As correntes que aprisionavam essa força destrutiva foram quebradas e as brumas, agora mais do que nunca, envolvem o mundo, assassinando pessoas na escuridão. Cinzas caem constantemente do céu e terramotos brutais abalam o mundo. O espírito maléfico libertado infiltra-se subtilmente no exército do Imperador Elend e os seus oponentes. Cabe à alomante Vin e a Elend descobrir uma forma de o destruir e assim salvar o mundo. Que escolhas irão ser ambos forçados a tomar para sobreviver?

O Casal Fiel, de A. D. Miller

Lançamento a 4 de Setembro

Sinopse:
Califórnia, 1993: Neil Collins e Adam Tayler, dois jovens britânicos prestes a atingir a idade adulta, conhecem-se num hostel em San Diego. Iniciam uma amizade que, embora platónica, parece tão inebriante como um romance; viajam juntos ao longo da costa, inofensivamente competitivos, inocentemente cúmplices, absorvidos um no outro. Durante um acampamento em Yosemite, desafiam-se a fazer coisas de que, anos mais tarde, se arrependerão desesperadamente. 

O Casal Fiel confirma Miller como um dos mais sofisticados e envolventes romancistas - alguém que sabe contar uma excelente história, com um profundo sentido de complexidade moral. É um dom raro: escrever um romance literário que cative um público vasto e ao mesmo tempo tenha o potencial de vencer prémios.

O Que Ela Deixou Para Trás, de Ellen Marie Wiseman

Lançamento a 4 de Setembro

Sinopse:
Iluminado e provocador, este é um romance sublime sobre o desejo de pertença e os mistérios sob as vidas mais comuns.
Há dez anos, a mãe de Izzy Stone disparou sobre o seu pai enquanto este dormia.
Arrasada pela insanidade da mãe, a jovem recusa-se a visitá-la na prisão. Para a ocupar, os seus pais de acolhimento inscreveram-na como voluntária num asilo público. Ali, no meio de pilhas de pertences sem dono, Izzy descobre um molho de cartas por abrir, um jornal antigo e uma janela improvável para o seu passado.
Clara Cartwright, com 18 anos em 1929, está encurralada entre os seus pais superprotectores e o amor por um italiano. Irado por Clara recusar um casamento arranjado para ela, o pai coloca-a num lar sofisticado para pessoas nervosas.
Mas, quando a sua fortuna se perde com o crash de 1929, não consegue suportar os custos do lar e Clara é enviada para um asilo público.
A história de Clara mergulha Izzy num passado cheio de enigmas. Se Clara, na verdade, nunca foi doente mental, poderia explicar-se de outra forma o crime da sua mãe? Completar as peças deste puzzle do passado conduz Izzy à reflexão sobre a sua própria vida e a questionar-se sobre tudo o que pensava saber e acreditar.

21 de agosto de 2015

Book Nerd Problems # 1 (Não necessariamente por esta ordem)

Já muito se falou e fala sobre livros, sobre a alegria que nos proporcionam, sobre as viagens e aventuras que nos oferecem, sobre as personagens e os sentimentos que nos apresentam, sobre o simples prazer que é ler. Afastam-se as neuras, os problemas e as preocupações enquanto estamos mergulhados nas suas páginas. O simples facto de ter um livro na mão e poder folheá-lo e cheirá-lo funciona quase como um calmante.
Mas nem tudo são rosas no mundo fantástico dos livrólicos. Há coisas que tiram qualquer um do sério mas, quando se trata de livros, o livrólico dentro de mim entra em acção e a coisa descamba rapidamente. É que se temos todas estas alegrias, também existe o outro lado onde as coisas já são menos fofinhas.
Não sei se também têm este tipo de dramas, provavelmente sim. Pelo menos quero acreditar que não acontece apenas comigo...

Começo, então, aqui o antro das desgraças com um dilema moral: a história não me está a prender a atenção, não consigo decidir se gosto do que estou a ler ou não, quero mandar o livro pela janela mas, ao mesmo tempo, há que dar uma chance à história, ou não.


Ora aqui está algo simples de resolver. Não gostas, arrumas o livro e passas ao seguinte, certo? Errado!!

Se há coisas que sempre odiei fazer foi deixar um livro a meio. Até hoje só o fiz umas três ou quatro vezes e foi mesmo por motivos de força maior, o que não invalida a leitura dos mesmos num futuro próximo (sim, sou masoquista a este ponto). 
Não sei porquê, mas fico sempre com a sensação de que a história irá ficar muito melhor nas páginas seguintes, que o final será arrebatador e a mensagem a passar irá compensar toda a palha que li nas páginas anteriores. Por norma nada disto acontece mas a minha curiosidade é sempre superior à sensação de peso nos olhos ou à vontade de querer mandar o livro ao ar e ir comer gelados como consolo.
Pior ainda: quando o livro tem classificações espectaculares, já ganhou diversos prémios ou o autor é consagrado e tu odeias cada parágrafo. Já não basta teres de engolir a história, ainda ficas a pensar "O que se passa comigo? Porquê que toda a gente gosta e eu não? O que me está a falhar?!". Sim, porque nestes casos não é o livro que é mau, és tu que não percebes nada de literatura, nem sequer sabes ler e só te apetece enrolar em posição fetal e chorar desalmadamente. É por estas e por outras que deixei de ligar às classificações do Goodreads...

E vocês, o que fazem quando não estão a gostar do livro? Largam tudo e esquecem ou obrigam-se a terminar a história?

Opinião - "Toda a Luz Que Não Podemos Ver", de Anthony Doerr



Toda a Luz Que Não Podemos Ver
(All The Light We Cannot See)
de Anthony Doerr

Edição: 2015 (Original 2014)
Páginas: 520
Editor: Editorial Presença
ISBN: 9789722355438
Colecção: Grandes Narrativas # 605
Categoria: Ficção, Romance, História

20 de agosto de 2015

Opinião - "A Segunda Vinda de Cristo à Terra", de João Cerqueira


A Segunda Vinda de Cristo à Terra
de João Cerqueira

Edição: 2015
Páginas: 196
Editor: Estação Imaginária
ISBN: 9789898781260
Categoria: Ficção, Humor, Sátira, Português

16 de agosto de 2015

Opinião - "Inferno", de Dan Brown


Inferno
de Dan Brown

Edição: 2013
Páginas: 551
Editor: Bertrand Editora
ISBN: 9789722526449
Categoria: Ficção, Mistério, Thriller

8 de agosto de 2015

Lançamentos em Agosto (2ª Parte)

Querem mais novidades para o mês de Agosto? Como eu sei que sim, vamos lá.

Pura Vida, de José Maria Mendiluce

Lançamento a 25 de Agosto

Sinopse:
Ariadna tem 27 anos, vive em Nova Iorque e trabalha na ONU. Está cansada da rotina do trabalho, da solidão da cidade e de um namoro sem surpresas. O seu desejo de aventura leva-a a pedir transferência para a Costa Rica. Longe das burocracias da grande metrópole e perante um exótico cenário de selvas, vulcões, e praias paradisíacas, Ariadna não tarda a libertar-se de tudo o que a oprimia e a entregar-se ao puro prazer de viver. E vai ser nesta sua viagem de descoberta de mundos desconhecidos e prazeres escondidos que conhece Jonás, um homem encantador e puro, de sorriso fácil e espírito livre. O romance que vivem é demolidor. Ambos sabem que as suas vidas nunca mais serão iguais. Mas qual o preço de uma paixão entre duas pessoas oriundas de mundos tão diferentes? O que e quem será sacrificado em nome daquele amor? Ariadna não tardará a perceber que nada a preparou para as experiências que vai viver…
Pura Vida é um romance sobre aquilo com que todos sonham mas poucos se atrevem a fazer: a ruptura com as convenções, a concretização de sonhos e a vida no limite. É também uma reflexão sobre as contradições, perigos e riquezas do mundo multicultural em que vivemos.

Sem Limites (Trilogia Surrender - Volume 2), de Maya Banks

Lançamento a 25 de Agosto

Sinopse:
O olhar de Jensen... Sombrio, cativante, magnético. Não passou despercebido a Kylie. Ela sabe que ele tem um lado dominador, tão duro quanto fascinante. Mas Kylie jurou a si própria nunca ceder. Se há algo que a assusta acima de tudo é a dominação, pois viveu, juntamente com o irmão, uma infância aterradora, repleta de maus-tratos e violência. Seria uma loucura, uma irresponsabilidade abdicar do controlo, submeter-se assim tão completamente… não seria?
Jensen é um homem atento. Pressente o sofrimento de outros tempos nos olhos de Kylie. Sabe que tem de avançar com o maior cuidado, ou arriscará destruir qualquer hipótese de a amar como deseja. Precisa apenas de uma oportunidade - quer mostrar-lhe que dominação não é sinónimo de dor, servidão ou disciplina. A entrega emocional é algo bem mais poderoso, e ele sabe que, se ela estiver disposta a tanto, encontrará o êxtase por que tanto anseia.
Mas a principal luta de Kylie é consigo própria e os seus demónios. A vida de Jensen seria mais fácil com qualquer uma das mulheres que tão ardentemente o desejam. Não fosse o seu coração… esse caçador solitário, ávido e irremediavelmente perdido.

A Chave de Dante, de G. L. Barone

Lançamento a 25 de Agosto

Sinopse:
É véspera de Natal quando a Santa Sé sofre uma terrível perda.
Monsenhor Claude de Beaumont, director dos museus do Vaticano, atira-se de uma balaustrada e morre. No entanto, esta é apenas a primeira de uma série de mortes misteriosas no mundo da arte, que o inspector Sforza terá de investigar. Não é clara a razão por que o religioso de idade avançada se matou, nem o que se esconde por detrás dos delitos que se sucedem nos dias seguintes. A única pessoa capaz de desvendar a intriga parece ser Manuel Cassini, professor de Literatura e especialista em Dante. Durante as férias de Natal, Cassini foi atraído a Paris através de um falso e-mail, e o que parecia ser uma viagem de lazer revela-se uma armadilha. Quem o levou até ali? E porquê? Com a ajuda do inspector Sforza, Cassini vai tentar apagar o seu rasto, mas em vão. Quem anda à sua procura sabe perfeitamente que é o único detentor da chave que poderá desvendar um enigma escondido nas obras de Botticelli, Leonardo e Rafael. Um enigma que está por resolver há oitocentos anos. E quem quer apoderar-se dele está disposto a matar…

O Visconde Cortado ao Meio, de Italo Calvino

Lançamento a 25 de Agosto

Sinopse:
Na guerra entre a Áustria e a Turquia de 1716, o visconde Medardo de Terralba é atingido no peito por uma bala de um canhão turco, e o que regressa a casa é apenas uma metade sua.
Este início cruel desencadeia uma fábula cadenciada como um bailado, na qual em redor do meio-visconde se movimentam e afadigam indivíduos mais reduzidos a metade do que ele: o doutor Trelawney, cuja ciência negligencia os seres humanos, o carpinteiro Pedro Prego, que constrói engenhos admiráveis tentando não pensar que são forcas, o moralismo abstracto dos refugiados huguenotes, o hedonismo decadente do asilo de leprosos.
Uma história fantástica que é também uma reflexão alegórica da condição do homem contemporâneo, sempre «alienado», mutilado, incapaz de alcançar a integridade, a completude. As invenções de Calvino são sempre abertas a muitos significados, apesar de poderem ser apreciadas por si só. Exemplo claro disso é a trilogia fantástica Os Nossos Antepassados, que este Visconde Cortado ao Meio inicia; seguem-se-lhe O Barão Trepador e O Cavaleiro Inexistente.

Mais do que Sedução, de Cheryl Holt

Lançamento a 25 de Agosto

Sinopse:
Stephen achou ter atingido o ponto mais baixo da sua vida quando a guerra o deixou inválido. Descobriu que estava errado quando a irmã o deixa aos cuidados encantadora Mrs. Anne Smythe. No entanto, enquanto as águas curativas fazem a sua magia, o mesmo acontece à viúva Smythe. Por baixo do seu exterior impávido encontra-se uma mulher fascinante: calorosa, espirituosa e refrescantemente aberta à experimentação sensual. Porém, quando o prazer se transforma em amor proibido, poderão eles podem enganar as forças que querem afastá-los?
As Termas e o Empório de Banhos para Senhoras de Mrs. Anne Smythe é um paraíso para as mulheres elegantes que acreditam que as águas têm propriedades afrodisíacas. No entanto, a séria proprietária nunca pensa em testar essa teoria - até o capitão Stephen Chamberlin, gravemente ferido, ser deixado à sua porta. Cada minuto que o herói de guerra passa sob o seu tecto é motivo de escândalo. Não tarda muito para que ela descubra que ter um homem assim à sua mercê a desperta de maneiras que nunca tinha pensado possíveis, à medida que as suas sessões «terapêuticas» nas nascentes de água quente se transformam em encontros picantes que Anne gostaria que nunca terminassem...

Por favor, perdoa-me, de Melissa Hill

Lançamento a 25 de Agosto

Sinopse:
Leonie estava apaixonada e noiva, mas decidiu fugir da sua antiga vida em Dublin para começar de novo - algures onde ninguém a conheça nem ao segredo de que ela foge. Ao instalar-se no seu novo apartamento encontra por acaso um maço de cartas de amor, todas escritas por um homem chamado Nathan e dirigidas a uma mulher desconhecida. Todas as cartas terminam de forma intrigante com as mesmas três palavras: «Por favor, perdoa-me».
Comovida com as palavras sinceras de Nathan, Leonie propõe-se a desvendar o mistério do casal e do que lhes correu mal. Se entregar as cartas à legítima proprietária, poderá o amor da vida de Nathan conseguir perdoar-lhe? E durante o processo talvez Leonie consiga também perdoar ela própria algumas coisas…

10:04, de Ben Lerner

Lançamento a 25 de Agosto

Sinopse:
10:04 é a hora em que um relâmpago atinge a torre do relógio e permite a Marty McFly voltar a 1985 em Regresso ao Futuro - filme crucial da juventude de Ben, o narrador do romance 10:04.
Já adulto, Ben vê o seu mundo tornar-se irreconhecível. O seu primeiro romance foi aclamado pela crítica e o segundo, ainda por escrever, é já alvo da cobiça de várias editoras. Simultaneamente, numa consulta médica de rotina, é-lhe diagnosticada uma doença cardíaca potencialmente fatal. A sua melhor amiga, Alex, tem 36 anos e quer engravidar usando o esperma dele. E Alena, que cria a sua arte a partir de obras inutilizadas, entra e sai da sua vida num ciclo demasiado subtil para constituir uma relação. Numa Nova Iorque sob a ameaça do furacão Irene e em convulsão social, Ben debate-se com a circularidade do tempo, a perspectiva de ser pai e a sua própria mortalidade.
Ben Lerner, cuja obra tem sido elogiada por autores como Jonathan Franzen ("inteligente, original em tudo o que escreve") ou Paul Auster ("absolutamente fascinante"), é exemplar na sua introspecção pós-moderna.10:04 é uma visita guiada ao seu impressionante microcosmos literário.

Noiva (O Chefe - Livro 3), de Abigail Barnette

Lançamento a 26 de Agosto

Sinopse:
Ao fim de um ano tumultuoso, a relação de Sophie Scaife com o namorado e dominador Neil Elwood, está mais escaldante e feliz do que nunca. Mas quando o casamento da filha e a celebração dos seus cinquenta anos desencadeiam uma mudança nos planos de Neil, Sophie vê-se perante um futuro muito diferente do que imaginara.

A Traição de D. Manuel I, de Jorge Sousa Correia

Lançamento a 26 de Agosto

Sinopse:
Quando, em 1518, D. Leonor de Habsburgo veio na companhia do futuro imperador Carlos V, seu irmão, da Flandres para Espanha, no seu pensamento só uma promessa de casamento permanecia. Chegava depois a Portugal, onde tinha noivo seguro, o príncipe herdeiro, à sua espera para encerrar um capítulo há muito negociado por D. Manuel I e a família dos Habsburgo. Então por que razão se casou com o pai do noivo? E o que fez D. Manuel I desejar a noiva do filho e atraiçoar o acordo?

Ehrengard - A Ninfa do Lago, de Karen Blixen

Lançamento a 26 de Agosto

Sinopse:
No castelo de um pequeno principado, o pintor e conselheiro da grã-duquesa cai em devaneios enquanto observa uma bela jovem. Sedutor experimentado, o artista dará mostras de uma paciência infinita com o propósito de desvendar os mistérios de Ehrengard. Mas a bela ninfa não cederá facilmente aos galanteios do apaixonado.

Histórias de Nova Iorque, de Enric González

Lançamento a 28 de Agosto

Sinopse:
Nova Iorque: a cidade não dorme, e Enric González tão-pouco. 
Entre episódios burlescos da máfia nova-iorquina, a impossibilidade de se encontrar um apartamento aceitável na cidade, curiosidades sobre lugares simbólicos - bairros, museus, bares e restaurantes - e referências a figuras que marcam a identidade urbana (Woody Allen, Oliver Sacks, Lou Reed, Rudy Giuliani), González apresenta a sua visão pessoalíssima da mais mítica das metrópoles.

Estrada de Beirute - Uma saga familiar moçambicana, de Gabriel Mithá Ribeiro

Lançamento a 28 de Agosto

Sinopse:
Estrada de Beirute é uma viagem no tempo e no espaço protagonizada por um jovem português, Manuel Rodrigues, que vai descentrando a narrativa de si mesmo ao partir em busca das suas raízes familiares que remontam ao século XIX. Espoletado pela morte da sua avó islâmica em Portugal, acaba por viajar por Moçambique. Nesse trajecto, o personagem principal confronta-se progressivamente com um longuíssimo percurso de migrações e miscigenações que, ao mesmo tempo, fragmentam e enriquecem a sua relação consigo mesmo e com o mundo. Paradoxalmente simples e complexo, o enredo sustenta-se, por um lado, num jogo constante entre o presente e o passado, entre a Europa, a África e o Índico e, por outro lado, numa saga familiar que reequaciona o sentido do império colonial português. O resultado é uma obra original e desafiadora que reinventa o olhar sobre o tempo histórico e o papel de cada um de nós, pessoas comuns, nessa eterna (re)construção.

Sissi - Imperatriz Por Amor, de Allison Pataki

Lançamento a 31 de Agosto

Sinopse:
Sissi foi a imperatriz mais marcante no imaginário popular, imortalizada no cinema por Romy Schneider. Este romance, inspirado em acontecimentos reais, recorda uma das mais bonitas histórias de amor de todos os tempos.
Em 1853, os Habsburgos são a família governante mais poderosa da Europa. O seu império estende-se da Áustria à Rússia, da Alemanha à Itália, e no trono está o imperador Francisco José — jovem, rico e ainda solteiro.
Com apenas 15 anos, a Duquesa da Baviera, Isabel, mais conhecida como Sissi, acompanha a sua irmã, que está prometida em casamento ao jovem imperador. Mas Sissi apaixona-se pelo noivo da irmã e rapidamente se embrenha num difícil dilema: o seu amor é correspondido! Francisco José renega a prometida noiva e decide casar com Sissi. 
No trono da corte imperial mais traiçoeira da Europa, a jovem imperatriz acidental irá perturbar lealdades políticas e familiares no seu empenho por ganhar, e manter, o amor do seu imperador, do seu povo e do mundo.

Um Brinde ao Amor, de Laura Dave

Lançamento a 31 de Agosto

Sinopse:
Uma história cativante que cruza relações, casamento, família e vinho, de forma divertida e harmoniosa.
Georgia vive em Los Angeles, mas cresceu a centenas de quilómetros dali, numa quinta vinícola, onde aprendeu algumas lições para a vida. Por exemplo, o número secreto de uvas necessárias para produzir uma garrafa de vinho: oitocentas. O ingrediente secreto da lasanha da sua mãe: chocolate. O momento ideal para colher as uvas: ao anoitecer. 
Uma semana antes do seu casamento, Georgia descobre que o noivo, Ben, guarda um segredo explosivo capaz de mudar as suas vidas para sempre. Desnorteada, Georgia regressa à quinta, buscando conforto nos pais, nos irmãos e em tudo o que lhe é familiar e lhe oferece estabilidade. Mas então ela descobre que o noivo não é o único a esconder segredos.
O casamento dos pais não é, afinal, tão perfeito como ela julgava. E até os irmãos entram numa escalada de tensão que ameaça o já debilitado ambiente familiar. Tudo se conjuga para a vindima mais triste de sempre.
Ou será uma oportunidade para que todos tenham um novo começo?

Captura-me (Saga Stark - Volume V), de J. Kenner

Lançamento a 31 de Agosto

Sinopse:
A cerimónia do nosso casamento foi tudo o que eu havia sonhado, e a lua de mel tornou-se agora uma fantasia real. Ao tornar-me Nikki Stark, vencemos o desafio principal: o de sabermos que a aceitação mútua é real, que a nossa paixão ardente sela a nossa ligação. O meu beijo será eternamente do Damien, o toque dele pertence-me para sempre.
Ambos temos um passado que deixou cicatrizes profundas, e continuamos a lutar para abandonar esses fantasmas.
Mas este maravilhoso e inebriado sentimento que partilhamos faz-me sentir viva, tornando-me forte e capaz de tudo para manter o Damien perto de mim. Ele é o meu futuro, a minha esperança, todos os meus desejos e necessidades. E como respiro esta obsessão, nada me deterá.

Seguidores

Também no Blogloving

Follow

Quem por cá passou

Este blogue não segue nem apoia o acordo ortográfico!
Todas as imagens e textos não feitos exclusivamente para este blogue, não me pertencem. Com tecnologia do Blogger.

Copyright © Gritos Mudos Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com