"Life feels like a midnight ride..." - SOAD

16 de abril de 2015

Opinião - "Rei, Capitão, Soldado, Ladrão", de Ruth Rendell

Rei, Capitão, Soldado, Ladrão
de Ruth Rendell

Edição/reimpressão: 2006
Páginas: 384
Editor: Edições Asa
ISBN: 9789724146386
Categoria: Ficção, Thriller, Mistério





Sinopse:

Poderá um coração despedaçado encontrar o caminho da redenção?

O namorado de Minty, Jock, morreu num terrível acidente de comboio em Paddington, pouco depois de ter pedido emprestadas todas as suas poupanças. Mas agora parece estar de volta para a atormentar. Zillah perdeu o seu marido, Jerry, no mesmo acidente. Ela não está totalmente convencida da sua morte, mas por razões que só ela conhece decide não investigar o assunto e nem sequer o mencionar ao promissor deputado conservador que lhe propõe um casamento de conveniência. O noivo de Fiona, Jeff, simplesmente desapareceu de forma inexplicável, uma vez que ela o sustentava em grande estilo. Um conjunto de mulheres, amadas e abandonadas por um homem que acabará por ser assassinado, compõe um leque de personagens problemáticas e fascinantes, inconscientemente ligadas umas às outras e aos acontecimentos que rodeiam uma série de crimes brutais em Londres.

Não tinha qualquer expectativa para este livro visto tê-lo adquirido apenas por ter um título diferente, uma capa com um aspecto um pouco sombrio e por se enquadrar na categoria de thriller, a qual gosto tanto. Normalmente as minhas aquisições "à toa", como lhes chamo, não me deixam ficar mal e este livro não foi excepção.

O livro conta-nos a história de um grupo de mulheres que, em algum ponto das suas vidas, se envolveu com um homem que lhes deu amor incondicional mas que as levou a partilharem com ele as suas economias "como um empréstimo" que mais tarde este pagaria de muito bom grado. Balelas de um bon vivant que, após promessas de um casamento próximo e já tendo amealhado boas quantias de dinheiro, as abandonava, chegando mesmo ao cúmulo de fingir a própria morte.
Até ao dia em que foi encontrado morto, assassinado, e todos os seus esquemas vêm a lume. A vida de quatro mulheres totalmente desconhecidas (entre outras personagens apanhadas no rol) liga-se inesperadamente e o abalo é tão forte que se vêem, lentamente, a enlouquecer. Mas principalmente questionam-se: como foram capazes de se enganarem tanto em relação a uma pessoa?
Numa escrita fluída, a autora dá-nos uma história cheia de peripécias e artimanhas bem montadas, momentos de suspense que nos agarram a cada página, ao mesmo tempo que nos faz criar uma genuína empatia por cada personagem (até mesmo pelo patifório!). Só queria chegar ao final e saber o que aconteceria a cada uma delas.

A única coisa que aponto de mais chato é a descrição que a autora faz das ruas. "Foi até à rua X, na intersecção com a Y, na praça XPTO, em BLA...". Tendo em conta que toda a acção se passa em Londres e nas suas proximidades, ainda se tornou mais aborrecido pois não fazia ideia do que estava a ser descrito. Referências ao Parlamento, ao Big Ben ou ao London Eye (roda gigante) eram, e foram, mais do que suficientes para ficar com uma ideia do local da acção, agora nomes de ruas... not so much! Acho que até um leitor nascido e criado em Londres veria estas referências específicas como maçadores pormenores. Mas talvez seja só eu a ser picuinhas...

De resto, uma história muito bem delineada e escrita que, realmente, nos consegue prender e pôr a pensar.

Um aparte: Quando fui procurar mais informações sobre este livro descobri que já não se encontra à venda nos locais habituais (há na Fnac mas tem de ser mandado vir de Inglaterra, calculo), apenas em sites de venda estilo OLX e alfarrabistas.
Para minha vergonha, tinha este livro na prateleira talvez há uns 3 ou 4 anos e fui sempre lendo outros livros, deixando-o para último. Mas agora que o li e vejo que é uma boa história, não percebo o porquê de ter ficado no esquecimento (tanto na minha prateleira como nas editoras).

1 comentário:

  1. Boa noite! :)
    Fui taggada para participar numa tag, e taguei este blogue para participar ;)

    Deixo aqui o link do desavio onde o seu blogue foi mencionado
    http://soberanadanoite.blogspot.pt/2015/04/tag-7-coisas-aparte.html

    ResponderEliminar

Obrigada pelo teu comentário! :)

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

Seguidores

Também no Blogloving

Follow

Quem por cá passou

Este blogue não segue nem apoia o acordo ortográfico!
Todas as imagens e textos não feitos exclusivamente para este blogue, não me pertencem. Com tecnologia do Blogger.

Copyright © Gritos Mudos Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com