"Life feels like a midnight ride..." - SOAD

23 de maio de 2007

A ti para que não penses que o dedico a outra...

A ti...
Juntas, unidas.
A nossa infância,
rejubilo da memória,
lembrança tão pura e tão bela,
Oh, como lamento já a ter passado!
Juntas crescemos,
e por tanto passámos.
Tanta dor, tanta mágoa,
tanto riso e tanto sol na face.
Um mundo novo, tão vasto,
num esticar de dedos!
A mente perdida
e tão lúcida!
Rir e rir,
a luz da lua nos nossos olhos,
unidas, sempre para o bom e para o pior!
E ontem,
sem um único aviso,
sem por algo semelhante esperar,
largaste a tua mão da minha!
E hoje continuo assim,
sem te ver...
Estico os meus braços
no vazio da vida
e não te consigo tocar, não te encontro!
Minha amiga, porque partiste?
Hoje foi um dia tão importante para mim
e tu não estiveste presente
para juntas o comemorar,
como sempre o fizemos.
Sinto tanto a tua falta minha amiga!
Recordo-me tantas e tantas vezes
dos tempos que passámos
sempre e sempre
Unidas!
Pergunto-me, ao escrever estas palavras,
será que pensas, que sentes o mesmo que eu?
Será que tantos e tantos anos,
uma vida de amizade,
será que esqueceste tudo?
E amanhã?
O que nos espera o amanhã?
Voltarei a ver-te? Voltaremos a falar?
Amanhã,
no meu leito de morte,
sentirei uma última vez,
a tua mão apertar a minha...
E assim te digo
Até um dia
Minha amiga, minha irmã!
Até um dia!

Seguidores

Também no Blogloving

Follow

Quem por cá passou

Este blogue não segue nem apoia o acordo ortográfico!
Todas as imagens e textos não feitos exclusivamente para este blogue, não me pertencem. Com tecnologia do Blogger.

Copyright © Gritos Mudos Published By Gooyaabi Templates | Powered By Blogger

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com